DERROTA

FRAME

FRAME

DER-82

DER-82

DER-29

DER-29

DER-27

DER-27

DER-5

DER-5

Derrota é a primeira montagem brasileira para o monólogo homônimo do dramaturgo grego Dimitris Dimitriádis e marca a corealização entre Projeto Gompa e Cia. Incomode-Te.

 

Concebido e realizado, sem financiamento, durante a longa temporada de teatros fechados, o espetáculo é um desafio e, ao mesmo tempo, um grande estímulo para a equipe. Primeiro espetáculo concebido especificamente para a linguagem virtual, nasce após a atriz e a diretora terem interrompido temporadas em função das restrições impostas pela quarentena. Em março de 2020, Liane recém havia estreado Palácio do Fim, de Judith Thompson, e Camilia, Olga, do Coletivo Gompa. Após meses sem poder dar continuidade aos seus projetos e estudando novas possibilidades, Derrota surge como a busca de um caminho de criação para novos experimentos cênicos.

 

A montagem traz a artista em total cumplicidade com o espectador. Uma proposta sem efeitos visuais onde a proximidade gerada ressignifica o “olho no olho” do teatro presencial.

 

Derrota nos convida a navegar pelas profundezas de um ser humano que retoma aspectos cruciais de sua existência, numa relação estreita entre vida e memória, derrota e vitória, compreensão e não aceitação daquilo que nos rodeia e que nos é mais caro. Nossa relação com o mundo, nossos desejos e impotências frente a tudo. Segundo o autor, os personagens “falam como se lhes tivesse sido dada a palavra pela última vez (…), como se orador soubesse que cada palavra que pronunciasse, terminaria gradualmente a sua oportunidade de falar”. 

 

Neste sentido, vemos através da tela alguém que busca cada palavra para tentar traduzir com exatidão o que sente e pensa, denunciando os limites da própria experiência verbal, ao mesmo tempo em que atesta a urgência da palavra. São tentativas de inscrição do eu no mundo, bem como, registros do mundo na memória individual, em uma insistente busca da palavra que melhor traduza esta relação. Em Derrota, a vontade de mudar o mundo não é suficiente para modificá-lo, assim como o desejo de expressão não basta para encontrar a palavra exata.

Duração: 35 min.

Classificação Etária: 14 anos

Ficha Técnica:

Texto: Dimítris Dimitriádis;

Direção: Camila Bauer;

Elenco Liane Venturella;

Direção Sonora: Álvaro RosaCosta;

Vídeo: Júlio Estevan e Nando Rossa;

Finalização: Nando Rossa;

Fotos: Claudio Etges; 

Orientação de figurino: Fabiane Severo;

Iluminação: Ricardo Vivian;

Assessoria de Imprensa: Leo Sant’Anna;

Produção artística: Letícia Vieira;

Produção: Primeira Fila Produções;

Realização: Projeto Gompa e Cia. Incomode-Te.

CLAUDIO ETGES 2.jpg